Notícias

Publicamos nesta área, notícias e informações sobre o escritório e o direito criminal.

 

Morre jovem agredido no Instituto de Educação de Minas Gerais


20/11/2018

Um aluno de 18 anos teria dado um chute na cabeça da vítima. Vítima será velada na cidade de Minas Novas e o enterro ocorrerá em Turmalina, no Vale do Jequitinhonha


Veja esta notícia completa



 

Decretada prisão preventiva de agressor de adolescente no Instituto de Educação


20/11/2018

Jovem de 17 anos foi espancado com chutes, socos, pontapés e jogado de uma escada dentro da escola pública


Veja esta notícia completa



 

Jovem que brigou em escola do Bairro Funcionários segue internado no João XXIII


20/11/2018

Um aluno de 18 anos teria dado um chute na cabeça da vítima. Segundo a Polícia Civil, ele já foi encaminhado ao sistema prisional


Veja esta notícia completa



 

Estudante suspeito de agredir colega em escola de BH tem histórico de agressividade


20/11/2018

Estudante suspeito de agredir colega em escola de BH tem histórico de agressividade


Veja esta notícia completa



 

Jovem que agrediu colega dentro do Instituto de Educação tem prisão preventiva decretada


20/11/2018

O jovem de 18 anos suspeito de agredir um adolescente de 17 dentro do Instituto de Educação (Iemg), em Belo Horizonte, teve a prisão preventiva decretada na manhã desta sexta-feira (16). A decisão foi do juiz Walter Zwicker Esbaile Júnior, da 1ª Vara Criminal de Belo Horizonte, e atendeu ao pedido da promotoria e da advogada da família da vítima, Adriana Eymar.


Veja esta notícia completa



 

Do cabimento do perdão judicial em caso de homicídio culposo decorrente de acidente de trânsito.


21/04/2016

Suponhamos que um acidente de trânsito praticado por um filho culmine com a morte de sua mãe. Neste caso, ele poderia ser beneficiado pelo perdão judicial?


Veja esta notícia completa



 

Mãe de menor terá de indenizar pai da criança por alienação parental


31/03/2016

Mãe de menor e autora de processo acabou sendo condenada a indenizar o pai da criança pela prática de alienação parental. A mulher ingressou com a ação alegando que o pai não comparecera nos dias designados para visitação da filha, mas o juiz de Direito substituto Wellington da Silva Medeiros, da 2ª vara Cível de Taquatinga/DF, entendeu que, diferente do que alegou a autora, era ela quem não colaborava para a aproximação do genitor.


Veja esta notícia completa